- Depoimentos – Decania do Centro de Tecnologia

Depoimentos

Ao longo de cinquenta anos (1970 – 2020) como docente na UFRJ, vivenciei muitos momentos de expectativas na Universidade e também no nosso país. Coincidentemente, o Centro de Tecnologia (CT) completa seus 50 anos em 2020.

Muitas amizades foram estabelecidas, outras foram reforçadas e outras foram interrompidas presencialmente – mas não espiritualmente – pelo término do ciclo material nesta efêmera existência aqui no planeta Terra.

Neste momento de pandemia, do novo coronavírus, ao fazermos essa leitura, sugiro elevarmos nossos pensamentos e nos deter em um minuto de silêncio pelos atingidos no Brasil e do mundo inteiro. No mês em que se comemora o trabalho, nossas reverências aos profissionais da área da saúde e de outras áreas consideradas essenciais para a manutenção da ordem social.

Espero que a ciência e a tecnologia possam encontrar estratégias de mitigar a atual crise, citando como exemplo, a montagem de um respirador – em escala semi-industrial – para a ventilação pulmonar, desenvolvido pelo Programa de Engenharia Biomédica localizado no Centro de Tecnologia.

Ao retornar à vida normal, vamos implementar no nosso campo de atuação os ensinamentos adquiridos no rumo do conhecimento. Vamos trabalhar para conseguir a integração entre os diversos centros de pesquisas existentes e os das Universidades.

Vamos revisitar os conceitos da transdisciplinaridade (2, 3, 6), como nossa rotina de ações e reações. “Essas ações e reações compreendem as que o homem, somente o homem, executa e sofre, a fim de dar cumprimento às buscas e coações dos imperativos existenciológicos, isto é, da arte, da espiritualidade, da filosofia e da ciência” (5).

Para tanto, precisamos lembrar-nos permanentemente que é necessário “Questionar, questionar sempre, questionar tudo” (1) para prosseguirmos na senda do conhecimento. Nesse sentido, foi lançado um livro com uma nova visão sobre a origem da SIDA / AIDS, visando ‘questionar tudo’ o até hoje existente sobre o assunto, muito embora sob a forma de ficção científica (4). Espero que novas ideias apareçam em relação à COVID-19. Sucesso!

Boa saúde para todos que aqui permanecem e bons pensamentos para os que se foram.

Avante Ciência Transdisciplinar com muito sucesso na busca de novos horizontes e avanços na área do conhecimento!

Rio de Janeiro, 11 de maio de 2020.

Prof. Mário Fernando Petzhold

Decano do Centro de Tecnologia (1990 a 1993)

Referências Bibliográficas:

1 – Aquino, U.M. AIDS – Toda a verdade. Rio de Janeiro: Record, 1989.

2 – Japiassu, H. O sonho transdisciplinar e as razões da filosofia. Rio de Janeiro: Imago, 2006.

3 – Nicolescu, B. O manifesto da transdisciplinaridade. São Paulo: TRIOM, 1999.

4 – Petzhold, M. F. VIDA => SIDA / AIDS: a pesquisa que mudou o mundo. Rio de Janeiro, Ed. do autor, 2013.

5 – Sobral, A.B. Contemplação da unidade: Tentativa de uma holística da existência.Niterói: Lachâtre,1998.

6 – Somerville, M.A. Transdisciplinaridade, onda do futuro: como preparar nossas praias. Rev. TB, Rio de Janeiro, 113: 75/96, abr/jun. 1993.