- Coppetec recebe doação para mão de obra emergencial para o HUCFF – Decania do Centro de Tecnologia

Coppetec recebe doação para mão de obra emergencial para o HUCFF

O Fundo Coppetec de Apoio aos Hospitais da UFRJ recebeu doação de R$ 470 mil do Movimento União Rio, gerido pelo Instituto da Criança, para a contratação de mão de obra técnica temporária. A iniciativa vai suprir a carência de profissionais no combate à COVID-19.

São técnicos de radiologia, farmácia, anestesia, copeiras, dentre outros, que já começaram a ser contratados esta semana. Os profissionais atenderão pacientes de 60 novos leitos de UTIs do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF/UFRJ), que foram construídos com recursos também arrecadados pelo Movimento União Rio. Segundo Marcos Freire, diretor do HUCFF, o hospital está reformando mais leitos, o que aumentará para 280 o total disponível.

O valor doado também financiará bolsas para o projeto de extensão Comunicação Família Paciente. Os 15 alunos dos dois últimos anos do curso de Medicina da UFRJ que estão trabalhando, voluntariamente, desde 15/4, quando iniciou o projeto, passarão a receber bolsas. Conduzido pela diretora do Núcleo de Bioética e Ética Aplicada (Nubea/UFRJ), Marisa Palácios, o projeto é uma parceria do Núcleo com outras unidades da UFRJ: Faculdade de Medicina (FM), Complexo Hospitalar (CH) e Instituto de Estudos e Saúde Coletiva (Iesc). O objetivo é apoiar as famílias dos pacientes das vítimas de COVID-19 que não podem acompanhar de perto o tratamento dos seus parentes.

Sob a supervisão médica de professores da FM, de Psicologia e Bioética, os bolsistas acompanham o prontuário eletrônico dos pacientes e transmitem informações aos seus familiares. Antes da implantação do projeto, a comunicação era feita pelo Serviço Social do HUCFF, que não conseguia atender a alta demanda. “A necessidade de informar a família sobre o estado de saúde do paciente é uma questão humanitária e evita que os membros da própria família se exponham a riscos indo até o hospital pra ter notícias”, afirma Marisa.

Os estudantes também apoiam às famílias ouvindo suas necessidades como, por exemplo, atendimento psicológico. Para atender a esse tipo de demanda, contam com o apoio do Serviço de Psiquiatria e Psicologia do HUCFF. O projeto promove, ainda, eventos semanais em que profissionais de outras instituições fomentam discussões sobre virologia clínica, protocolos de priorização no atendimento e cuidados paliativos.

Da Assessoria de Comunicação Social da Coppe/UFRJ (com adaptações)

Crédito imagem: Raphael Pizzino (Coordcom/UFRJ)

Acesse aqui o site da UFRJ.