Conheça o Robo Luma, tecnologia desenvolvia pela COPPE/CT

Transitar por túneis subaquáticos, longos e estreitos. Essa é a especialidade do robô Luma. Desenvolvido pela Coppe, opera com facilidade em locais onde mergulhadores não podem atuar.
 
O robô começou a ser desenvolvido para atender à necessidade de uma empresa de energia elétrica que precisava de uma solução técnica para executar vistorias nos túneis subaquáticos de suas represas. Além de longos e estreitos, os túneis conduzem águas turvas, o que impede a inspeção por profissionais de mergulho.
Inicialmente projetado para operar em profundidades reduzidas, o robô da Coppe foi adaptado para operar numa expedição ao Polo Sul, onde ajudou a mapear a biodiversidade das águas profundas da Baía do Almirantado, na Ilha Rei George. Coletou material em áreas de até 500 metros de profundidade.
Saiba mais: