Programas e Projetos

Programas Ambientais

A Decania do CT-UFRJ desenvolve uma política de responsabilidade ambiental por intermédio de programas que atuam nas áreas de gestão de resíduos, racionalização do uso da água e energia elétrica e também na conservação e ampliação de áreas verdes. Dessa forma, o CT vem consolidando ações que beneficiam o meio ambiente e a qualidade de vida, despertando a sensibilização e conscientização das pessoas através de uma adesão participativa e propositiva.

 O objetivo principal é inserir práticas e posturas sustentáveis nas atividades diárias do Campus Universitário, contribuindo para a construção de uma realidade socioambiental que seja adequada aos valores do desenvolvimento tecnológico.

 Na tabela a seguir você pode conhecer um pouco mais sobre cada um desses programas. Caso queira obter maiores informações é só entrar em contato pelo telefone (21) 3938-7452 ou pelo e-mail ambiental@ct.ufrj.br


ProgramasAtuaçõesContatoPágina
Recicla CT Gestão de resíduos recicláveis ambiental@ct.ufrj.br Ainda não disponível
CT Eficiente Racionalização do uso de água e energia elétrica ambiental@ct.ufrj.br Ainda não disponível
CT Verde Conservação e ampliação de áreas verdes ambiental@ct.ufrj.br Ainda não disponível
CT Resíduos Perigosos

Gestão de Resíduos Classe 1 (Perigosos)

ambiental@ct.ufrj.br Ainda não disponível

 

Quintas Musicais

QUINTAS_MUSICAIS

O programa Quintas Musicais é ma iniciativa da Decania do CT-UFRJ realizada com o apoio de empresas parceiras, que consiste em trazer para o ambiente universitário um pouco de lazer e cultura na hora do almoço. Ao longo de todo ano letivo, sempre às quintas-feiras, ao meio dia, são realizados shows de música no Auditório do Bloco A Centro de Tecnologia, ou no Roxinho, no CCMN.

Expansão CT

EXPANSAO_CT

 

A montagem de fotos ao lado mostra as áreas já construídas do CT-2.
Periodicamente, estas imagens serão alteradas visando o compartilhamento junto à comunidade da UFRJ do andamento das obras e finalizações das edificações.

 

Programa de Segurança e Saúde no Trabalho

A Decania do CT-UFRJ desenvolve uma política de gestão integrada, por intermédio de sua Assessoria do SGI. Um dos pilares dessa política é o de Segurança e Saúde no Trabalhado (SST) que visa à promoção da saúde e prevenção dos riscos ocupacionais, prevenção de incêndio e pânico nas instalações, bem como a melhoria da qualidade de vida do trabalhador.

 

 

Os objetivos gerais da gestão de SST são:
  • Fornecer e monitorar as condições de higiene ocupacional para promover um ambiente de trabalho saudável e seguro.
  • Atuar na prevenção e controle de riscos ocupacionais e acidentes de trabalho.
  • Atuar na prevenção de incêndio e pânico nas instalações do CT.
  • Buscar o comprometimento dos colaboradores, por intermédio de ações que fomentem a conscientização, a responsabilidade e a motivação em relação a uso dos equipamentos de segurança e às condições de segurança e meio ambiente, em que o trabalhador está inserido.
  • Desenvolver atividades e programas de qualidade de vida, visando não só o bem estar físico, como o bem estar mental e social dos trabalhadores.
  • Promover ações preventivas e corretivas, buscando eliminar não conformidades e atuar de forma preventiva para diminuir a incidência de novas não-conformidades e evitar a sua repetição.
     

SIPAT


A Semana Interna de Prevenção aos Acidentes de Trabalho (SIPAT) é um evento previsto nas leis trabalhistas brasileiras, que tem o intuito de informar os funcionários sobre os seus direitos e deveres na área de saúde e segurança no trabalho.

Anualmente, a Assessoria do SGI da Decania do CT-UFRJ organiza a SIPAT, com o apoio da Escola Politécnica, da Escola de Química, da Coppe, do Instituto de Macromoléculas (IMA) e do Núcleo Interdisciplinar de Desenvolvimento Social (NIDES). 

A mais recente edição do evento aconteceu nos dias 10 e 11 de novembro de 2014, contando com palestras sobre proteções passivas contra incêndios, biossegurança, aula teórica e prática com extintores e até mesmo uma simulação de incêndio promovida pela Brigada de Incêndio da Coppe-CT-UFRJ.

Clique aqui e veja a galeria de fotos da VI SIPAT - 2014.

 

 

 

Sistema de Gestão Integrada

 A Decania do CT-UFRJ aderiu ao Sistema de Gestão Integrado segundo os principios das Normas ISOs 14001, 9001, 16001 e OHSAS 18001, como estratégia para melhoria continua dos processos de trabalho, visando a satisfação das partes interessadas, tanto na promoção da segurança pessoal e patrimonial, quanto na valorização das pessoas a partir do incentivo ao desenvolvimento profissonal. Com isso, a Decania ressalta sua postura ética e promove um ambiente de trabalho saudável, propício à criatividade e oferece serviços com qualidade aos seus usuários.

Todos esses esforços estão em consonância com a participação da Decania do CT-UFRJ no Programa de Excelência em Gestão do Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização – GESPÚBLICA e do Prêmio Nacional da Gestão Pública – PQGF.

Política do SGI


    A Decania do CT-UFRJ concentra seus esforços no cumprimento das Legislações e Normas regulamentares vigentes para eliminar as ações de desperdício, depredação e poluição do meio ambiente; garantir a segurança integral e a qualidade de vida do servidor, dos alunos e usuários em geral e implanta procedimentos para evitar riscos biológicos, químicos e físicos.

    Com essa finalidade, promove o treinamento contínuo, a integração e a motivação da força de trabalho, numa postura ética de não aceitação de trabalho escravo, infantil ou qualquer outra situação de assédio moral. Executa também a revisão permanente dos processos para obter resultados viáveis e garantir a melhoria contínua da gestão, numa relação de parceria permanente com a comunidade acadêmica, buscando atingir a satisfação dos clientes externos, internos e todas as partes interessadas.
    O SGI do Centro de Tecnologia é revisado periodicamente, implementado, documentado e divulgado para toda a organização, visando evitar situações de não conformidade de modo a contemplar plenamente a legislação vigente.

     

    Objetivos do SGI

     
    1. Cumprir o Decreto 5940;
    2. Implementar ações de Responsabilidade ambiental;
    3. Promover a satisfação e parcerias com a comunidade acadêmica;
    4. Promover ações de Cidadania e Responsabilidade social;
    5. Promover a motivação e integração da força de trabalho;
    6. Implementar ações de SMS (saúde, meio-ambiente e segurança);
    7. Melhorar continuamente o SGI da Decania do CT para atender plenamente as Normas.

     

    Valores

     

    1. Liderança Científica e Tecnológica: ampliar a fronteira do conhecimento científico-tecnológico, impactando positivamente a formação plena de profissionais, recebendo reconhecimento da sociedade e influenciando as políticas educacionais, cientificas e tecnológicas em beneficio do país.
    2. Inovação e Empreendedorismo: atuar para que o profissional em formação valorize a inovação e se torne agente empreendedor com capacidade para implantar e desenvolver infra-estruturas produtivas. Incentivar comportamento de inovação e de empreendedorismo nos colaboradores.
    3. Comportamento Ético: ter como obrigação seguir os princípios éticos (moralidade, transparência, respeito ao próximo, honestidade, imparcialidade e igualdade) e legais em todas as ações relacionadas ao ensino, pesquisa, extensão e atividades técnico-administrativas. Empreender ações de responsabilidade social e ambiental.
    4. Atendimento com Qualidade: pautar o atendimento aos diferentes colaboradores (alunos, funcionários, professores e comunidade externa) nos princípios básicos da qualidade, dentro de padrões aceitáveis de desempenho (custo, tempo, facilidade, clareza), com respeito mútuo.
    5. Qualificação Profissional: fomentar e motivar seus colaboradores (alunos, funcionários e professores) a receber qualificação profissional continuada e moderna, se antecipando aos avanços tecnológicos e técnico-administrativos. Promover a integração dos colaboradores na cultura organizacional do CT e da UFRJ.
    6. Modernização e antecipação a mudanças: pautar as ações de atualização da estrutura física e organizacional do CT na evolução do ambiente e das tendências científico-tecnológicas.
    7. Consistência e Integração: fazer com que as Unidades do CT atuem de forma consistente e integrada, provendo instrumentos de comunicação, modelos e diretrizes de gestão que devem ser utilizados de forma harmoniosa e coletiva.
    8. Qualidade de vida no CT: Promover e incentivar segurança, saúde e atividades culturais e esportivas no CT.
    9. Comprometimento Institucional: Incentivar o envolvimento com a missão, visão, valores, políticas e objetivos por toda comunidade. Promover a preservação dos bens públicos

     

    Resultados

     
    1. Gestão da Qualidade:

    Entre as principais ações de Gestão de Qualidade desempenhadas pelo SGI, destacam-se a pequisa anual de "clima organizacional" com colaboradores e com os usuários/clientes da Decania do CT-UFRJ. Tal iniciativa ocorre desde 2007 e tem como referencial comparativo o Laboratório de Tecnologia Submarino (LTS), por se tratar de uma referência em sistema de gestão integrado com certificação nas Normas ISO 9001, ISO 14001, ISO 17025, OHSAS 18001 e Prêmios em Gestão do Programa Nacional da Qualidade – PNQ.

    Outra ação que vem se destacando foi a implantação da "caixa de sugestões", em diversos pontos do CT, para facilitar a emissão de opinião, sugestões e reclamações por parte dos clientes do CT-UFRJ.

    2. Gestão Ambiental:

    No que tange a gestão ambiental, é imprescindível destacar que o CT foi o primeiro Centro da UFRJ a implantar o programa de coleta seletiva, batizado de ReciclaCT. Para mais detalhes sobre o programa, visite a seção correspondente neste site. A seguir, estão os resultados da coleta de material reciclado em 2012.

    3. Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho (SST):

    A Gestão de SST no CT-UFRJ está em fase de implementação. Em breve, disponibilizaremos para download o documento que traz o planejamento desta gestão.

     

    ATIVIDA

    Histórico

    O ATIVIDA iniciou suas atividades em julho de 2005 com o Projeto Piloto Qualidade de Vida do Trabalhador, de autoria da Fisioterapeuta e Psicomotricista Alexandrina de Queiroz. Permaneceu, até maio de 2007, no Laboratório de Tecnologia Submarina da Coppe. Em seguida, foi transferido para uma área física na Decania do Centro de Tecnologia, onde ainda permanece.

    Com a adesão de parceiros, aumentou o número de colaboradores assistidos, tornando-se também um Projeto de Extensão da UFRJ. Atualmente, a idealizadora do Projeto trabalha conjuntamente com os fisioterapeutas Bianca Niederauer e Thiago Torres e com a educadora física Adriana Moreira.

    O ATIVIDA oferece diversas atividades com o objetivo de proporcionar à comunidade universitária atenção terapêutica e profilática para melhorar a qualidade de vida no quesito da saúde, nas especialidades de fisioterapia e terapia psicomotora. Encaminhando, quando necessário, através de protocolos próprios, os usuários para diversos profissionais da equipe multidisciplinar de saúde, tais como: médicos, nutricionistas, psicólogos etc.

    Os atendimentos são gratuitos e destinados a colaboradores, professores e alunos pertencentes às unidades parceiras do Projeto.

    No momento, a Decania do CT, a Coppe, a Escola Politécnica e a SuperEst (Superintendência Geral de Políticas Estudantis) são responsáveis pelo sucesso do ATIVIDA. É importante salientar que o Programa almeja sua expansão, recebendo propostas para novas parcerias que desejarem abraçá-lo para benefício de sua unidade. 

    Onde o programa acontece?

    O ATIVIDA funciona de segunda a sexta-feira, entre 9h e 17h.

    Local: Av. Athos da Silveira Ramos, 149, Cidade Universitária. Bloco A , 2º andar, Sala B na Decania do Centro de Tecnologia.

    Para contato: (21) 99144-1732, o (21) 3938-7457 (ramal temporariamente desativado) e ctterapia@ct.ufrj.br e ctterapia@ct.ufrj.br

    Objetivos específicos do ATIVIDA
    Promover qualidade de vida;
    Contribuir para a eliminação do sedentarismo;
    Corrigir e prevenir vícios posturais;
    - Aumentar a disposição física e autoestima;
    - Prevenir e reduzir o estresse, a fadiga muscular e acidente de trabalho;
    - Prestar assistência no local de trabalho;
    - Contribuir para a redução de faltas, licenças médicas e aposentadorias precoces;
    Direcionar as modalidades terapêuticas e dinâmicas à demanda ocupacional, mediante avaliação individual;
    Encaminhar para os especialistas os casos que necessitem de acompanhamento clínico, exames e tratamentos.

    Assistência Fisioterapêutica
    Ortopédica;
    Reumatológica;
    Respiratória;
    Corretiva postural;
    Desportiva;
    Pré e pós operatório geral;.

    Recursos Disponíveis
    Termoterapia, eletroterapia, ultrassom, laser;
    KinesioTaping;
    Pilates;
    RPG (Souchard);
    QuickMassage;
    Manipulações osteomioarticulares;
    Cinesioterapia;
    Massoterapia;
    Drenagem linfática;
    Cinesioterapia laboral;
    Orientação e ajustes ergonômicos com observação da relação: colaborador/mobiliário/ambiente de trabalho/familiar e social;
    Prescrição profilática e terapêutica.

    Psicomotricidade
    Consciência corporal;
    - Relaxamento;
    Vivências corporais;
    Gerenciamento de conflitos.

    Nutrição
    - Avaliação e orientação nutricional.

    Exercícios Funcionais com personal training


    Mensagem da Coordenadora

    Há duas maneiras de se fazer uma fogueira: com sementes ou madeira seca. A maioria usa a madeira e logo se aquece. A madeira acaba e o frio retorna. Aqui, plantamos a semente no solo. Crescerão e se tornarão uma grande floresta. Nunca mais faltará madeira para se aquecer. E todos poderão ter a tão sonhada qualidade de vida!

    Alexandrina Queiroz


    « Julho 2017 »
    Julho
    DoSeTeQuQuSeSa
    1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031
    Unidades

    BOTAO_COPPEBOTAO_EPBOTAO_EQBOTAO_NIDES

    Transparência no CT

    Licitações

    RSS FACEBOOK YOUTUBE